Biden propõe gastar US$ 2 trilhões em energia limpa
Sustentabilidade
6/8/2020

Biden propõe gastar US$ 2 trilhões em energia limpa

por
André Vicente

O candidato democrata à Presidência dos EUA, Joe Biden, apresentou nesta terça (14) um plano ambicioso de combate às mudanças climáticas que prevê o investimento de US$ 2 trilhões (R$ 10,8 trilhões) em infraestrutura de energia limpa nos setores de transporte, energia e construção civil ao longo de quatro anos.

O objetivo é zerar em 15 anos as emissões de carbono provenientes do setor elétrico no país e gerar empregos na área de energia limpa numa aposta para superar os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus.

O plano representa uma abordagem mais agressiva em relação às propostas de política climática apresentadas durante as primárias democratas —um aceno aos progressistas do partido que pedem uma ação mais audaciosa do candidato.

Na quinta (9), Biden já havia proposto um pacote econômico de US$ 700 bilhões (R$ 3,8 trilhões) focado em estímulos para a indústria americana, geração de empregos e investimentos em pesquisa e inovação.

"Não percamos mais tempo", disse Biden em um evento de campanha sem público em Wilmington, no estado de Delaware. O democrata prevê que o pacote dará um empurrão na economia americana ao promover milhões de novos empregos.

"Quando Trump pensa sobre mudanças climáticas, a única palavra que ele consegue dizer é 'farsa'. Quando penso sobre mudanças climáticas, a palavra que me vem à mente é 'empregos'. Empregos com bons salários para trabalhadores sindicalizados", disse ele, que enfrentará o atual presidente em novembro.

O plano climático de Biden prevê que o país esteja produzindo energia elétrica 100% limpa até 2035.

A proposta procura impulsionar a indústria automobilística americana por meio de incentivos para produção de veículos elétricos e propõe a construção de 1,5 milhão de casas e unidades habitacionais públicas com projetos de eficiência energética.

O projeto também busca promover justiça social, direcionando 40% dos gastos em energia limpa para comunidades prejudicadas por refinarias e usinas nucleares.

A iniciativa do democrata foi bem recebida por ativistas ambientais que criticavam a falta de senso de urgência do democrata sobre a questão.

Congressistas republicanos de estados produtores de energia, no entanto, aproveitaram para atacar Biden em uma entrevista coletiva promovida pela campanha de Trump.

Últimos Posts

Curiosidades

Novo pacote de expansão de The Sims 4 é focado em diminuir o impacto ecológico da vida de seu Sim por meio de várias ações eco-friendly e uma comunidade criativa

Leia mais
Sustentabilidade

Os combustíveis fósseis são os meios de geração de energia mais utilizados atualmente.

Leia mais
Curiosidades

Geração eólica no Nordeste bateu recorde no último dia 2 de agosto.

Leia mais
Notícias

Com os recursos, a 2W pretende se consolidar no “varejo”.

Leia mais
Dicas

O maior projeto de fusão nuclear do mundo entrou em sua fase de montagem, prevista para durar cinco anos.

Leia mais
Notícias

No metrô de São Paulo, pessoas começam a usar máscaras de proteção após confirmação de caso de coronavírus no Brasil

Leia mais